Aprenda AGORA Português

Romantismo: definições e exercícios de vestibular


Na internet podemos encontrar diversas definições sobre o período literário denominado Romantismo. Dentre elas temos as que cito abaixo:

 

  • Romantismo foi um movimento artístico, político e filosófico surgido nas últimas décadas do século XVIII na Europa que perdurou por grande parte do século XIX. ... pt.wikipedia.org/wiki/Romantismo
  • A Prosa Romântica no Brasil é inaugurada com o livro "A Moreninha", de Joaquim Manuel de Macedo. O romance brasileiro caracteriza-se por ser uma "adaptação" do romance europeu, com a conservação do caráter folhetinesco da Europa, com início, meio e fim seguindo a ordem cronológica dos fatos. pt.wikipedia.org/wiki/Romantismo_(prosa)

Abaixo você encontrará alguns exercícios de múltipla escolha sobre o Romantismo na Literatura. Use-os em seus exercícios para preparo pro vestibular.

 

1.  Em O Guarani, o autor procura valorizar as origens do povo brasileiro e transformar certos personagens em heróis, com traços do caráter do “bom selvagem”: pureza, valentia e brio. Essa tendência é típica do:
(     ) romance urbano
(     ) poemas épicos
(     ) romance regionalista
(     ) poemas históricos
(     ) romance indianista

 

2. (PUCCAMP-SP) Na poesia como na prosa do Romantismo, ocorre a idealização da figura do índio, o que se pode observar em alguns dos poemas de Gonçalves Dias ou no romance Iracema, de José de Alencar. Tal idealização atende ao seguinte compromisso desses autores:
a)    enaltecimento dos padrões aristocráticos de conduta, comprometidos com os desdobramentos da luta popular pela Independência.
b)    exaltação das virtudes naturais dos indígenas, interpretadas num código que as identificava com a coragem e a fidalguia cavalheirescas.
c)    culto da simplicidade e da modéstia, vistas como bases morais inspiradoras para o desenvolvimento da vida burguesa.
d)    condenação do processo colonial, responsável pela descaracterização da cultura indígena e dos valores populares.
e)    valorização do lendário e do folclórico, tomados como inspiradores de uma arte nacional de estilo primitivista.

 

3. "Quantas coisas (...) brotam ainda hoje, modas, bailes, livros, painéis, primores de toda casta, que amanhã já são pó ou cisco? Em um tempo em que não mais se pode ler, pois o ímpeto da vida mal consente folhear o livro, que à noite deixou de ser novidade e caiu na voga; no meio desse turbilhão que nos arrasta, que vinha fazer uma obra séria e refletida? Perca pois a crítica esse costume em que está de exigir, em cada romance que lhe dão, um poema."

As proposições anteriores, de José de Alencar, fazem alusão a um problema característico do movimento romântico. Aponte-o:

 

a) o movimento romântico, afeito ao lirismo e á sentimentalidade, busca realizar uma prosa fundamentalmente impregnada de valores poéticos
b) o autor preocupa-se com satisfazer o gosto de um público pouco exigente no que diz respeito a obras de acabamento literário mais sofisticado
c) tendo em vista a caracterização da sociedade burguesa, o romance deve conter preferencialmente ação, que seja o retrato dos agitados tempos modernos
d) o autor, já que se reconhece gênio, e pelo público, é aceito como tal e deve nortear as multidões que o lêem com sua palavra sábia e simples

 

O texto seguinte refere-se às questões 4 e 5.

"O problema da nacionalidade literária foi colocado, dentro da atmosfera do Romantismo, em termos essencialmente políticos. Misturadas literatura e política, a autonomia política transferia-se para literatura, e confundiram-se independência política e independência literária."

4. Segundo o texto, para os românticos:
a) a autonomia política e a autonomia literária foram duas faces de um mesmo processo de emancipação
b) autonomia política e autonomia literária mantiveram entre si uma relação de causa e efeito
c) a autonomia literária sempre se seguiu à emancipação política
d) emancipação política e emancipação literária foram processos que se concretizaram independentemente um do outro

 

5. Segundo o texto:
a) Romantismo foi uma escola literária de atmosfera essencialmente política
b) no Romantismo, literatura e política interpenetram-se e exercem influência mútua, numa interdependência dialética
c) pode-se dizer que a política usou a literatura em suas campanhas, mas o inverso não é válido, pois a literatura não se valeu da política
d) independência política e independência literária são fenômenos distintos, que só se misturam em conseqüência de um erro de interpretação

 

6. Assinale a alternativa falsa. O Romantismo:
a) procura o elemento nacional
b) propõe ruptura com o passado
c) foi introduzido no Brasil por Gonçalves de Magalhães
d) é a valorização do que é "nosso"

Gostaria de receber nossa newsletter e brindes exclusivos?

6 comentários :