Aprenda AGORA Português

Vestibular da FUVEST – exercícios com gabarito [9]


Como venho constantemente afirmando, vai melhor no vestibular quem melhor se prepara. Vamos trabalhar então?

EXERCÍCIOS DO VESTIBULAR DA FUVEST COM GABARITO

1) "Não permita Deus que eu morra
Sem que volte para São Paulo
Sem que veja a Rua 15
E o progresso de São Paulo"

O uso do poema-paródia, exemplificando na estrofe acima, é uma das características do movimento:
a) romântico
b) simbolista
c) arcádico
d) parnasiano
e) modernista

2)  O Romantismo está para o Modernismo, assim como:
a) Inocência está para A Carne.
b) A Escrava Isaura está para A Escrava que não é Isaura.
c) A Escrava Isaura está para O Cortiço.
d) Memórias Póstumas de Brás Cubas está para Memórias do Cárcere.
e) A Moreninha está para Dom Casmurro.

3)  Leonardo, "filho de uma pisadela e de um beliscão", é personagem de:
a) A Moreninha.
b) Memórias de um Sargento de Milícias.
c) Vidas Secas.
d) O Triste Fim de Policarpo Quaresma.
e) Iracema.

4) "Nasce o sol, e não dura mais que um dia,
Depois da luz, se segue a noite escura,
Em tristes sombras morre a formosura,
Em contínuas tristezas, a alegria."

Assinale a alternativa que indica o nome do Autor dos versos acima e uma figura literária características do movimento a que pertence.
a) Cláudio Manuel da Costa / aliteração.
b) Frei José da Santa Rita Durão / elipse.
c) Tomás Antônio Gonzaga / hipérbato.
d) Gregório de Matos Guerra / antítese.
e) Antônio Gonçalves Dias / onomatopéia.

5)  "O pacto feito por ele com os árabes não tardou a ser por mil modos violado, e o ilustre guerreiro teve de se arrepender, mas já debalde, por haver deposto a espada aos pés dos infiéis, em vez de pelejar até à morte pela liberdade. Fora isto o que Pelágio preferia, e a vitória coroou o seu confiar no esforço dos verdadeiros godos e na piedade de Deus."

Qual das características abaixo está presente no texto?
a) retomada de valores medievais.
b) denúncia de males sociais.
c) despreocupação formal.
d) análise psicopatológica.
e) aproveitamento da mitologia clássica.

6)  "O pacto feito por ele com os árabes não tardou a ser por mil modos violado, e o ilustre guerreiro teve de se arrepender, mas já debalde, por haver deposto a espada aos pés dos infiéis, em vez de pelejar até à morte pela liberdade. Fora isto o que Pelágio preferia, e a vitória coroou o seu confiar no esforço dos verdadeiros godos e na piedade de Deus."
O autor do texto é:
a) Eça de Queirós.
b) Camilo Castelo Branco.
c) Padre Antônio Vieira.
d) Fernando Namora.
e) Alexandre Herculano.

7) "E em arte aos de Minerva se não rendem
Teus alvos, curtos dedos melindrosos."

Indique a característica presente nos versos acima, de autoria de Bocage.
a) uso de pseudônimos.
b) rompimento com os clássicos.
c) recurso à mitologia greco-romana.
d) predominância de subjetivismo.
e) tema pastoril.

8) "Destarte, enfim, conformes já as fermosas,
Ninfas cos seus amados navegantes,
Os ornam de capelas deleitosas
De louro e de ouro e flores abundantes.
As mãos alvas lhe davam como esposas;
Com palavras formais e estipulantes
Se prometem eterna companhia,
Em vida e morte, de honra e alegria."

Quem escreveu a estrofe acima?
a) Luís de Camões.
b) Almeida Garrett.
c) Gil Vicente.
d) Fernando Pessoa.
e) Antero de Quental.

9)  "Algum tempo hesitei se devia abrir estas memórias pelo princípio ou pelo fim, isto é, se poria em primeiro lugar o meu nascimento ou a minha morte. suposto o uso vulgar seja começar pelo nascimento, duas considerações me levaram a adotar diferente método: a primeira é que eu não sou propriamente um autor defunto, mas um defunto autor, para quem a campa foi outro berço; a segunda é que o escrito ficaria assim mais galante e mais novo. Moisés, que também contou a sua morte, não a pôs no intróito, mas no cabo: a diferença radical entre este livro e o Pentateuco." (MACHADO DE ASSIS, Memórias Póstumas de Brás Cubas).

Assinale a alternativa que apresenta só palavras relacionais retiradas do texto.
a) uso, seja, algum, para, mas
b) e, eu, entre, este, em
c) em, para, ou, mas, entre
d) berço, nascimento, campa, princípio, fim
e) vulgar, diferente, galante, novo, radical

10)  "Algum tempo hesitei se devia abrir estas memórias pelo princípio ou pelo fim, isto é, se poria em primeiro lugar o meu nascimento ou a minha morte. suposto o uso vulgar seja começar pelo nascimento, duas considerações me levaram a adotar diferente método: a primeira é que eu não sou propriamente um autor defunto, mas um defunto autor, para quem a campa foi outro berço; a segunda é que o escrito ficaria assim mais galante e mais novo. Moisés, que também contou a sua morte, não a pôs no intróito, mas no cabo: a diferença radical entre este livro e o Pentateuco." (MACHADO DE ASSIS, Memórias Póstumas de Brás Cubas).

"...levaram a adotar..."
"... a sua morte..."
"... não a pôs..."

As três ocorrências de a são, respectivamente:
a) preposição, pronome, preposição.
b) pronome, artigo, preposição.
c) preposição, artigo, pronome.
d) artigo, artigo, preposição.
e) artigo, pronome, pronome.

11) "Algum tempo hesitei se devia abrir estas memórias pelo princípio ou pelo fim, isto é, se poria em primeiro lugar o meu nascimento ou a minha morte. suposto o uso vulgar seja começar pelo nascimento, duas considerações me levaram a adotar diferente método: a primeira é que eu não sou propriamente um autor defunto, mas um defunto autor, para quem a campa foi outro berço; a segunda é que o escrito ficaria assim mais galante e mais novo. Moisés, que também contou a sua morte, não a pôs no intróito, mas no cabo: a diferença radical entre este livro e o Pentateuco." (MACHADO DE ASSIS, Memórias Póstumas de Brás Cubas).

O Autor afirma que:
a) vai começar suas memórias pela narração de seu nascimento.
b) vai adotar uma seqüência narrativa vulgar.
c) o que o levou a escrever suas memórias foram duas considerações sobre a vida e amorte.
d) vai começar suas memórias pela narração de sua morte.
e) vai adotar a mesma seqüência narrativa utilizada por Moisés.

12)  "Algum tempo hesitei se devia abrir estas memórias pelo princípio ou pelo fim, isto é, se poria em primeiro lugar o meu nascimento ou a minha morte. suposto o uso vulgar seja começar pelo nascimento, duas considerações me levaram a adotar diferente método: a primeira é que eu não sou propriamente um autor defunto, mas um defunto autor, para quem a campa foi outro berço; a segunda é que o escrito ficaria assim mais galante e mais novo. Moisés, que também contou a sua morte, não a pôs no intróito, mas no cabo: a diferença radical entre este livro e o Pentateuco." (MACHADO DE ASSIS, Memórias Póstumas de Brás Cubas).

Definindo-se como um "defunto autor", o narrador:
a) pôde descrever a própria morte.
b) escreveu suas memórias antes de morrer.
c) obteve em vida o reconhecimento de sua obra.
d) ressuscitou na sua obra após a morte.
e) descreveu a morte após o nascimento.

13) "Algum tempo hesitei se devia abrir estas memórias pelo princípio ou pelo fim, isto é, se poria em primeiro lugar o meu nascimento ou a minha morte. suposto o uso vulgar seja começar pelo nascimento, duas considerações me levaram a adotar diferente método: a primeira é que eu não sou propriamente um autor defunto, mas um defunto autor, para quem a campa foi outro berço; a segunda é que o escrito ficaria assim mais galante e mais novo. Moisés, que também contou a sua morte, não a pôs no intróito, mas no cabo: a diferença radical entre este livro e o Pentateuco." (MACHADO DE ASSIS, Memórias Póstumas de Brás Cubas).

Segundo o narrador, Moisés contou sua morte no:
a) promontório.
b) meio do livro.
c) fim do livro.
d) intróito.
e) começo da missa.

14)  "Algum tempo hesitei se devia abrir estas memórias pelo princípio ou pelo fim, isto é, se poria em primeiro lugar o meu nascimento ou a minha morte. suposto o uso vulgar seja começar pelo nascimento, duas considerações me levaram a adotar diferente método: a primeira é que eu não sou propriamente um autor defunto, mas um defunto autor, para quem a campa foi outro berço; a segunda é que o escrito ficaria assim mais galante e mais novo. Moisés, que também contou a sua morte, não a pôs no intróito, mas no cabo: a diferença radical entre este livro e o Pentateuco." (MACHADO DE ASSIS, Memórias Póstumas de Brás Cubas).

O tom predominante no texto é de:
a) luto e tristeza.
b) humor e ironia.
c) pessimismo e resignação
d) mágoa e hesitação.
e) surpresa e nostalgia.

Texto para os exercícios de 5 a 10

"Na última lage (sic) de cimento armado, os trabalhadores cantavam a nostalgia da terra ressecada.
De um lado era a cidade grande; de outro, o mar sem jangadas.
O mensageiro subiu e gritou:
— Verdejou, pessoal!
Num átimo, os trabalhadores largaram-se das redes, desceram em debandada, acertaram as contas e partiram.
Parada a obra.
Ao dia seguinte, o vigia solitário recolocou a tabuleta: "Precisa-se de operários" , enquanto o construtor, de braços cruzados, amaldiçoava a chuva que devia estar caindo no Nordeste."
(ANÍBAL, MACHADO, Cadernos de João)

" O mensageiro subiu e gritou:

— Verdejou, pessoal!"

15) No segmento acima o Autor utiliza:
a) dissertação com discurso indireto.
b) narração com discurso direto.
c) dissertação com discurso direto.
d) narração com discurso indireto.
e) descrição com discurso indireto.

16) No último parágrafo do texto, as orações cujos núcleos verbais são recolocou, amaldiçoava, e devia estar caindo são, respectivamente:
a) principal, subordinada adverbial e subordinada adjetiva.
b) subordinada adverbial, subordinada adverbial e subordinada substantiva.
c) coordenada, coordenada e subordinada adjetiva.
d) principal, subordinada adverbial e subordinada substantiva.
e) principal, coordenada e subordinada adverbial.

17)  "... os trabalhadores cantavam..." porque
a) trabalhavam na cidade grande.
b) estavam alegres por terminar a última laje.
c) contemplavam o mar sem jangadas.
d) estavam saudosos da terra natal.
e) iriam acertar as contas e partir.

18)  Por que é que o pessoal desceu em debandada quando o mensageiro gritou " Verdejou, pessoa!"?
a) O mensageiro deu um sinal de perigo.
b) Havia chegado o dinheiro do pagamento.
c) O pessoal entendeu que tinha chovido.
d) Foram lançar as redes de pesca.
e) Ia começar a festa da cobertura.

19)  O construtor "amaldiçoava a chuva" porque:
a) ela impedia a saída das jangadas para o mar.
b) chovia no Nordeste e não no local da construção.
c) a chuva fizera o construtor perder os trabalhadores.
d) não seria possível tocar a obra debaixo da chuva.
e) num átimo, os trabalhadores largaram-se das redes.

20)  Indique a alternativa em que todas as palavras ou expressões se referem a um mesmo tema presente no texto.
a) cimento armado, nostalgia, trabalhadores.
b) terra ressecada, cimento armado, construtor.
c) mar sem jangadas, vigia solitário, construtor.
d) cantavam, construtor, operários.
e) chuva, terra ressecada, verdejou.

21)  Assinale a frase gramaticalmente correta:
a) O papa caminhava à passo firme.
b) Dirigiu-se ao tribunal disposto à falar ao juiz.
c) Chegou à noite, precisamente as dez.
d) Esta é a casa à qual me referi ontem às pressas.
e) Ora aspirava a isto, ora aquilo, ora a nada.

22)  Assinale a alternativa em que uma forma verbal foi empregada incorretamente.
a) O superior interveio na discussão, evitando a briga.
b) Se a testemunha depor favoravelmente, o réu será absolvido.
c) Quando eu reouver o dinheiro, pagarei a dívida.
d) Quando você vir Campinas, ficará extasiado.
e) Ele trará o filho, se vier a São Paulo.

23)  Assinale a frase gramaticalmente correta.
a) Há menas pessoas hoje.
b) Ele comportou-se muito mau durante a entrevista.
c) Esperava-se menos perguntas na prova.
d) Os atletas apresentaram-se afim de iniciarem a corrida.
e) Cristina viajou há três semanas.

24)  Indique a alternativa na qual a regência utilizada desobedece ao padrão de gramática normativa.
a) Esta alternativa obedece o padrão da gramática normativa.
b) Entretanto, não costuma haver distúrbios na fila.
c) Jamais poderão existir tantos recursos para tantos planos.
d) Só lhe faltou madar-me embora de casa.
e) Quando Lígia entrou, bateram onze horas no relógio da sala.

GABARITO DOS EXERCÍCIOS DA FUVEST

1 E , 2 B ,3 B ,4 D ,5 A ,6 E ,7 C ,8 A ,9 C ,,10 C ,11 D ,12 A ,13 C ,14 B ,15 B ,16 A ,17 D ,18 C ,19 C ,20 A ,21 D ,22 B ,23 E ,24 A

Gostaria de receber nossa newsletter e brindes exclusivos?

Nenhum comentário :

Postar um comentário