Aprenda AGORA Português

Exercícios sobre linguagem coloquial [com gabarito]


Você encontrará abaixo, alguns exercícios sobre as particularidades da linguagem escrita e da linguagem falada. Todos eles vêm com gabarito para facilitar a conferência das respostas e preparar melhor o estudante para as provas e vestibulares. Faça-os e vá bem nos seus testes.

Texto para questões de 1 a 3:

Pai não entende nada

- Um biquini novo?
- É,pai.
- Você comprou um no ano passado!
- Não serve mais, pai. Eu cresci.
- Como não serve? No ano passado você tinha 14 anos, este ano tem 15. Não cresceu tanto assim.
- Não serve, pai.
- Está bem, está bem. Toma o dinheiro. Compra um biquini maior.
- Maior não, pai. Menor.
Aquele pai, também, não entendia nada.

VERÍSSIMO, Luis Fernando. Comédias da vida privada: 101 crônicas escolhidas. Porto Alegre: L&PM, 1995. p. 255.

1. Explique resumidamente quais informações extratextuais um leitor precisa dominar para poder entender esse breve diálogo.

2. Existe uma intenção do autor em reproduzir o diálogo com a espontaneidade da fala. Que características da fala são transmitidas à escrita nessa crônica?

3. O título da crónica já previne o ieitor para certa dificuldade de entendimento entre pais e filhos. Todavia, o leitor vai construindo o sentido do texto baseado num argumento da filha, que o pai não consegue rebater.
a)  Que palavra vem quebrar totalmente a expectativa do leitor?
b)  O que essa quebra de expectativa provoca no texto? Explique.
c)  Seria correto afirmar que o autor usou intencionalmente os mecanismos de seleção e combinação ao escolher essa palavra?

GABARITO DOS EXERCÍCIOS DE INTERPRETAÇÃO

1. O leitor precisa saber que: filhos crescem e suas roupas ficam pequenas, portanto precisam ser substituídas por outras maiores; os filhos costumam pedir dinheiro aos pais para comprar roupas novas; nem sempre os pais estão dispostos a dar esse dinheiro, principalmente quando acham tais compras desnecessárias; garotas usam biquinis; o tamanho dos biquinis costuma diminuir à medida que as garotas crescem ou se tornam adolescentes.

2. Alternância perfeita dos turnos; frases curtas; emprego repetitivo do vocativo por parte da filha ao se dirigir ao pai; emprego da pontuação para reproduzir os questionamentos do pai; repetição de palavras que garantem o convencimento numa argumentação.

3. a) A palavra "menor".
b)  Provoca humor. O leitor julga que, ao dizer "não serve mais", a filha esteja afirmando que cresceu e que o biquini ficou pequeno. No entanto, ela quer comprar um menor ainda, por julgar o biquini do ano anterior grande demais, fora de moda ou inadequado.
c)  Sim. O autor escolheu as duas palavras antônimas para fazer um jogo ("Maior não, pai. Menor.") e tornar o texto engraçado.

Gostaria de receber nossa newsletter e brindes exclusivos?

2 comentários :

  1. Olá!
    Parabéns! Encontrei aqui neste blog sugestões para minhas práticas.
    Visite meu blog: http://gmmmz.blogspot.com/
    Abraços!
    Geisa

    ResponderExcluir
  2. Excelente! Casa perfeitamente com o assunto que estou ministrando para o 8º ano. Vou utilizá-lo! Obrigado.

    ResponderExcluir