Aprenda AGORA Português

Exercícios sobre intertextualidade com gabarito


Final de ano é sempre assim: muitas atividades, provas, redações por corrigir. Neste ano, em especial, juntei a esses compromissos algumas outras atividades extras. E foi preparando essas atividades que tive a ideia de propor alguns exercícios sobre intertextualidade. O assunto é bastante interessante e faz parte da postagem que fiz lá no blog Quero Aprender Português.

EXERCÍCIO SOBRE INTERTEXTUALIDADE

Exercícios sobre intertextualidade

1. No volume sobre Gonçalves Dias, da coleção Nossos Clássicos, da Editora Agir, preparado pelo poeta Manuel Bandeira, o poema "Canção do Exílio" vem precedido de uma epígrafe em alemão, traduzida pelo próprio Bandeira em nota de rodapé. O próprio poema Canção do Exílio, tão parafraseado e explorado intertextualmente, começa com uma citação. Vamos transcrever o poema inteiro com a epígrafe e sua tradução.

Canção do exílio

Kennst du das Land, wo die Citronen bluhn,
Im dunkein Laub die Gold-Orangen glíihn,
Kennst du es wohl?
- Dahin, dahin!
Mõchfich... ziehnP
Goethe

Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá;
As aves que aqui gorjeiam,
Não gorjeiam como lá.

Nosso céu tem mais estrelas,
Nossas várzeas têm mais flores,
Nossos bosques têm mais vida,
Nossa vida mais amores.

Em cismar, sozinho, à noite,
Mais prazer encontro eu lá;
Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá.

Minha terra tem primores,
Que tais não encontro eu cá;
Em cismar - sozinho, à noite -
Mais prazer encontro eu lá;
Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá.

Não permita Deus que eu morra,
Sem que eu volte para lá;
Sem que desfrute os primores
Que não encontro por cá;
Sem qu'inda aviste as palmeiras,
Onde canta o Sabiá.

a) Manuel Bandeira traduz, em nota de rodapé, a citação em alemão feita por Gonçalves Dias. O efeito de sentido seria o mesmo se a citação já viesse traduzida na epígrafe?

b) O poeta traduz o alemão, mas não dá nenhuma nota sobre Goethe. Por que omite informações sobre o autor da epígrafe?

c) Entre a citação contida na epígrafe e o texto de Gonçalves Dias existe uma relação de acordo ou desacordo? Justifique a sua resposta.

Gabarito dos exercícios de intertextualidade

a) Não. O sentido poderia ser o mesmo, mas o efeito de sentido seria outro. A citação em alemão cria uma aura de certa magia, dá maior credibilidade à edição do poema, cria a impressão de verdade, de que ele trata de uma versão do poema que merece respeito. Além disso, inscreve o poema de Gonçalves Dias dentro de uma concepção de arte e de literatura mais ampla, de dimensões Internacionais,

b) Porque ele trata de um dos maiores poetas da humanidade e, em vista dessa notoriedade, o autor do poema supõe que o leitor o conheça e, caso não, que procure conhecê-lo, dada a sua importância no cenário da literatura mundial.

c) A relação é de total acordo. Primeiro, pelo tema de exaltação da natureza; segundo, pelo amor à pátria; terceiro, pelo tom altamente emotivo e sentimental manifesto pela nostalgia da pátria.


Receba nossa newsletter com exercícios e os gabaritos

Nenhum comentário :

Postar um comentário